Governo de SP

Notícias

Emplasa conclui estudo sobre potencial socioeconômico da Aglomeração Urbana de Franca

08/05/2019

As indústrias sucroalcooleira, turística e de fabricação de artefatos de couro, artigos para viagem e calçados e as culturas de cana-de-açúcar, soja e café especial estão entre as atividades da Aglomeração Urbana de Franca (AUF) com maior potencial para alavancar o desenvolvimento socioeconômico da região nos próximos anos ─ ampliando as possibilidades de geração e distribuição de renda, com melhorias na qualidade de vida da população.

Estes são os primeiros resultados do Projeto Unidades de Informações Territorializadas (UITs), amplo estudo realizado entre setembro de 2018 e abril de 2019 na região pela Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano (Emplasa), em parceria com a Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). A equipe técnica responsável pelo trabalho ocupa-se agora da consolidação do banco de dados.

O objetivo da pesquisa é identificar os principais fatores de influência sobre o processo de desenvolvimento da AUF, levando em conta suas dinâmicas sociais, econômicas e ambientais, informou o diretor de Planejamento e Novos Negócios da Emplasa, Joaquim Lopes da Silva Júnior. Os resultados, segundo ele, vão subsidiar a elaboração do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da AUF (PDUI-AUF), que é exigência do Estatuto da Metrópole .

As UITs são expertise da Emplasa, e fundamentais no planejamento regional. Esse estudo já é utilizado nos PDUIs das RMs de São Paulo, Sorocaba e Campinas e das Aglomerações Urbanas de Jundiaí e Piracicaba, bem como Planos Diretores e outros programas, projetos e ações voltados ao planejamento.

DIAGNÓSTICO DA REGIÃO

A produção de cana-de-açúcar é uma atividade consolidada na AUF, que conta com a contribuição de instituições de ensino e pesquisa para ampliar sua produtividade, apoiada no uso de novas tecnologias. Com a mecanização, foram adotadas novas técnicas e formas de cultivo, gerando renda e oportunidades de emprego para mão de obra qualificada.

Por outro lado, o mesmo processo de mecanização trouxe desafios, como a necessidade de capacitação e recolocação de trabalhadores não qualificados (ou em qualificação) em outras atividades.

Já o cultivo de cafés especiais, como o arábica e o conilon, presentes na região desde o final do século XIX, conta hoje com moderno processo de produção, qualidade amplamente reconhecida, tornando-se referência nacional e internacional. É uma atividade com potencial de empregabilidade, mesmo diante da mecanização, contribuindo para manter os jovens na região. O setor também contribui com o turismo de negócios e eventos.

Mais: a AUF é dotada de potencial turístico diversificado, cultural, histórico, religioso, rural, ecológico, de aventura, de esporte, de conhecimento, gastronômico, e de negócios e eventos. Pode ser o caminho para superar alguns desafios atuais, como a necessária promoção da mobilidade e da integração regional, além da ampliação da infraestrutura urbana e difusão de conhecimento sobre os atrativos regionais para a população.

Como atividade em expansão, destaca-se a produçao de energia, por meio de hidrelétricas, captação de energia solar fotovoltáica e bioletricidade produzida nas usinas sucroenergéticas. A ampliação da produção de energia limpa na região está em consonância com a agenda 2030 da Organização das Nações Unidas.

Junto com as potencialidades vêm os desafios. A AUF foi fortemente impactada com o fechamento da unidade do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de SP (IPT), bem como com a suspensão das atividades do Porto Seco do Café em Pedregulho, entre outros eventos.

A despeito da riqueza regional, existem significativas barreiras à superação da vulnerabilidade social, como o trabalho informal, os baixos índices de renda, o baixo investimento em cultura, esporte e lazer, além da  falta de segurança pública.

São Paulo, 08 de maio de 2019 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

TEL.: 11 3293 5318

www.emplasa.sp.gov.br

www.facebook.com/Emplasa/                            

Topo